PETER DE BRITO



JULHO/ 2015



Bacharel em Artes Plásticas pela Universidade Estadual de São Paulo (UNESP) e com trabalhos exibidos tanto em mostras individuais como em exposições coletivas de importantes espaços estabelecidos do universo das artes visuais no Brasil, como por exemplo, a galeria paulistana Emma Thomas (onde apresentou em 2008 a bem-humorada e elogiada exposição From Gastão to the World) e o Salão de Arte Contemporânea de Santo André, Peter de Brito, idealizador, ao lado do também artista visual Moises Patricio, do movimento A Presença Negra, foi um dos artistas convidados da edição zer016 da revista O Menelick 2º Ato.


Na publicação exibimos dois trabalhos recentes do artista que integram um grupo de pinturas divididos em séries e pertencentes a um projeto maior, ainda em curso (com o numero de obras ainda indefinido) chamado Eugenia.


Para os que não se recordam a Eugenia - ou, no caso do Brasil, o movimento eugênico brasileiro, foi um movimento intelectual surgido no pais no início do século 20, e que propunha, entre outros, o fim da imigração de não brancos, a educação higiênica e sanitária, a educação sexual, o controle matrimonial, a reprodução humana e debates em torno da miscigenação, branqueamento e a regeneração racial.

http://omenelick2ato.com/files/gimgs/460_eugenia-pb.jpg
Eugenia -Solvente e Tinta acrílica sobre papel impresso. 26 X 35 cm (2014)
http://omenelick2ato.com/files/gimgs/460_eugenia-b-pb-1.jpg
Eugenia - Solvente sobre papel impresso. 65 X 90 cm (2014)
http://omenelick2ato.com/files/gimgs/460_desgaste.jpg
Desgaste - Impressão digital sobre papel algodão. 33,7 X 45cm (2004/2015)
http://omenelick2ato.com/files/gimgs/460_eugenia-p.jpg
Eugenia -Solvente e Tinta acrílica sobre papel impresso. 43 X 28,5 cm (2014)
http://omenelick2ato.com/files/gimgs/460_eugenia-j.jpg
Eugenia - Colagem digital sobre papel. 10 X 17,5 cm (2013)